Reflexão da Semana: Por maior que seja a dificuldade pela qual esteja passando, não desanime. Confie, mantendo a fé e a esperança

terça-feira, 29 de setembro de 2015

Para pagar servidores, governo do RN usa fundo previdenciário pela 11ª vez

Fundo Financeiro Unificado é gerenciado pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipern) (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)
 Até agora, R$ 686,8 milhões do fundo já foram utilizados pelo executivo. Valor representa 70% dos recursos que inicialmente estavam disponíveis.
 
O Governo do Rio Grande do Norte faz nesta terça (29) e quarta-feira (30) o pagamento do funcionalismo estadual. Os primeiros a receberem são os aposentados e pensionistas, que terão seus vencimentos depositados longo pela manhã. Já os servidores ativos, receberão o pagamento na quarta, data da terceira parcela do Fundo de Participação dos Estados (FPE).
 
Contudo, para complementar a folha, o governo precisou fazer mais um saque no Fundo Financeiro Unificado, que é gerenciado pelo Instituto de Previdência dos Servidores do Estado (Ipern). Neste mês, a quantia retirada foi de R$ 51,8 milhões.

Esta é a 11ª vez que o executivo usa os recursos destinados aos aposentados para pagar os salários dos servidores da ativa. Até agora, R$ 686,8 milhões já foram utilizados, o que representa 70% dos recursos inicialmente disponíveis no fundo. Segundo José Marlúcio, presidente do Ipern, o governo se comprometeu em repor todos os valores retirados até dezembro de 2018.
 
 De acordo com a Secretaria de Planejamento e Finanças, este é o nono mês consecutivo que o governo honra a folha dos servidores dentro do mês trabalhado mesmo num momento em que o país atravessa uma grave crise econômica.

Segundo o secretário Gustavo Nogueira, o pagamento do funcionalismo em dia fortalece a economia e reduz os impactos da crise. “Nossa responsabilidade aumenta nesse momento de crise, quando as frustrações de receitas já ultrapassam os R$ 300 milhões. Com a folha em dia não é apenas o servidor quem ganha. O funcionalismo alimenta toda uma cadeia econômica e diminui os efeitos devastadores dessa crise”, analisou.
 
Do G1/RN

0 comentários:

Postar um comentário

Sua opinião é importante! Este espaço tem como objetivo dar a você leitor, oportunidade para que você possa expressar sua opiniões de forma correta e clara sobre o fato abordado nesta página.

Salientamos, que as opiniões expostas neste espaço, não necessariamente condizem com a opinião do Blog do Sargento Andrade.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More